Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Zombie Strippers!

Título original: Zombie Strippers!
Ano de lançamento: 2008
País: EUA
Direção: Jay Lee
IMDb

Elenco:
Jenna Jameson - Kat
Shamron Moore - Jeannie
Roxy Saint - Lillith
Jennifer Holland - Jessy
Jeannette Sousa - Berengé
Robert Englund - Ian
Carmit Levité - Madame Blavatski
Joey Medina - Paco
Penny Drake - Sox
John Hawkes - Davis
Whitney Anderson - Gaia
Calvin Green - Cole
Zak Kilberg - Byrdflough
Catero Colbert - Major Camus
Jen Alex Gonzalez - Ryker


Sinopse:
Divertidíssimo filme de zumbis, Zombie Strippers! começa quando um esquadrão militar – Z Squad – vai até um laboratório científico conter os estragos causados pela liberação de um vírus capaz de reanimar os mortos.

A pesquisa que resultou no vírus se deu por motivos militares, uma vez que o filme se passa num futuro não muito longínquo, onde o presidente Bush, eleito pela quarta vez consecutiva com seu vice-presidente Arnold Schwarzenegger, causou uma crise de falta de soldados no país em diversas guerras de ocupação no Iraque, Afeganistão, Síria, Irã, Líbano, Líbia, Paquistão, Venezuela, França, Canadá e Alasca.

Assim, uma unidade militar e científica desenvolveu um vírus que reanimaria os soldados mortos, os transformando em super soldados. No entanto o vírus se espalha pelo laboratório, infectando os cientistas que trabalhavam no local.

O papel do Z Squad é conter a contaminação, eliminando os zumbis do laboratório. Porém, um de seus integrantes é infectado por uma mordida. E ao notar o tratamento dado aos infectados ainda vivos (morte sem piedade), foge assustado e vai parar num clube de strip-tease. Lá, o soldado morre e retorna como zumbi, atacando e infectando Kat, a dançarina principal.

O clube é administrado por Ian (Robert Englund) e Madame Blavatski. A atriz pornô Jenna Jameson interpreta Kat, a estrela do clube, que lê Nietzsche nas horas vagas e disputa com Jeannie, dançarina que quer superá-la. Entre as strippers temos ainda Lilith, dançarina gótica meio emo, que se apresenta com uma arma de brinquedo simulando suicídio, e Jessy, garota nova no clube que nunca fez strip e precisa do emprego para cuidar da avó Nana.

De acordo com o filme, o vírus se adapta melhor às mulheres. Por isso, quando Kat retorna como zumbi, ela fica muito mais ágil e disposta, transformando-se numa super stripper e fazendo na mesma hora uma apresentação que leva o público ao delírio, mesmo com um buraco no pescoço e sangue por todo o corpo. Prevendo os lucros que a nova condição da estrela da casa traria para o estabelecimento, Ian e Madame Blavatski decidem manter a stripper zumbi, com o único inconveniente de ter que esconder as vítimas da dançarina nos fundos do clube. Mas quando outras dançarinas também procuram se transformar em zumbi para tentar se igualar ou superar Kat, as coisas começam a sair do controle.

Os ratings do IMDb dão uma idéia da recepção que o filme teve, onde as maiores porcentagens de votos são para as notas 1 ou 10, configurando-se como um clássico ame-ou-odeie-movie. De fato o filme parece uma grande desculpa para mostrar garotas peladas. E não é careta, não estamos falando só de peitos aqui. Também temos alguns efeitos digitais sofríveis.

Mas na minha opinião, nada disso estraga a diversão do filme, que conta com seqüências de cenas matadoras. Destaque pro combate entre as strippers, ponto alto da obra. Um filme pra se ver rodeado de gente.

Conceito: b