Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

domingo, 29 de abril de 2007

A casa de cera

Título original: House of wax
Ano de lançamento: 2005
País: Austrália / EUA
Direção: Jaume Collet-Serra
IMDb
Site oficial

Elenco:
Elisha Cuthbert - Carly Jones
Chad Michael Murray - Nick Jones
Jared Padalecki - Wade
Paris Hilton - Paige Edwards
Robert Ri'chard - Blake
Jon Abrahams - Dalton Chapman
Brian Van Holt - Bo/Vincent
Damon Herriman - Caronista


Sinopse:
Nesse quinto filme a Dark Castle envereda pelo mundo do slasher, sendo o primeiro da produtora a conter um elenco teen predominante. No entanto segue a linha dos outros no que diz respeito a ser uma refilmagem nas mãos de um diretor estreante, o que no fim das contas não faz muita diferença. O resultado é bastante satisfatório.

Mas de que filme finalmente A casa de cera é a refilmagem? No IMDb consta como remake de quatro filmes. Parece-me que oficialmente, A casa de cera é a refilmagem de Museu de cera (House of wax, 1953), que por sua vez é a refilmagem de Os crimes do museu (Mystery of the wax museum, 1933). Porém a trama tem bem mais a ver com o Armadilha para turistas (Tourist trap, 1979).

Os dois primeiros filmes falam de dois sócios de um museu de cera. Um deles incendeia o estabelecimento no intuito de ganhar o dinheiro do seguro e o outro reaparece anos depois com um novo museu, cujos bonecos são feitos com pessoas de verdade.

Já no Armadilha para turistas quatro jovens têm seu carro danificado e buscam ajuda numa localidade próxima, onde funciona um museu de cera. O que eles não sabem é que os bonecos expostos são feitos com corpos de pessoas de verdade, em geral turistas que vão parar lá. Essa é a base de A casa de cera.

Seis amigos se deslocam de uma cidade para outra, a fim de assistir um jogo de futebol. Eles são Carly, seu namorado Wade, seu irmão gêmeo Nick, e seus amigos Paige, Blake e Dalton. No meio do caminho decidem acampar e retomar a viagem no dia seguinte.

Porém, na hora de partir Wade nota que a correia de seu carro está quebrada. Com a ajuda de um caronista alucinado, ele e Carly vão até a cidade mais próxima comprar uma nova correia. O resto do grupo segue a caminho do jogo, mas termina voltando pouco tempo depois para pegar o casal.

Na pequena cidade, Carly e Wade encontram uma casa literalmente de cera. Não se trata de apenas um local para exposição de objetos confeccionados com o material. Todo o estabelecimento é feito com cera, desde as paredes até a escada que dá para o primeiro andar. A exposição conta com estátuas de pessoas, móveis e outros objetos em tamanho real.

O casal custa a encontrar algum habitante da cidade, que mais parece abandonada. Finalmente conhecem um homem num funeral, que se apresenta como Vincent e diz ser dono do posto do vilarejo.

Quando todos os problemas pareciam resolvidos, Wade não encontra no posto a peça adequada para seu carro. Dessa forma o trio segue a caminho da casa de Vincent, onde o mesmo alega haver uma correia apropriada. Bom, a partir daqui todo mundo já sabe o que acontece.

Um filme muito plausível. Assim como outras produções da Dark Castle, não há nada nesse filme que você já não tenha visto antes. A casa de cera é um slasher clichê, cheio de situações típicas desse subgênero do horror. Mas que também se arrisca em quebrar algumas dessas regras, por exemplo ao colocar o até então mocinho da trama como a primeira vítima.

Ao contrário de produções anteriores da Dark Castle, esse não é um show espetacular de efeitos digitais em detrimento de roteiro. Em vez disso investiu-se no bom trabalho do departamento de maquiagem. A cidade fantasma de cera é belíssima e realmente tenebrosa.

A presença de Paris Hilton no elenco deixou um monte de gente preocupada, mas a atuação dela não compromete o filme de forma alguma. A morte de seu personagem roubou as cenas desde a fase de divulgação do filme, como sendo a mais violenta da produção. A garota recebeu permissão da Warner Brothers pra vender camisas com a frase “On May 6th, Watch Paris Die”. Nos extras do DVD lançado no Brasil você pode ver como Paris Hilton driblou sua incapacidade de atuar.

Finalmente, temos situações de horror e mortes bem interessantes. Destaque para o trágico fim do mocinho Wade, transformado num boneco de cera ainda vivo. A casa de cera vale uma despretensiosa conferida.

Conceito: c