Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

quarta-feira, 28 de março de 2007

O massacre da serra elétrica – O início

Título original: The Texas chainsaw massacre: The beginning
Ano de lançamento: 2006
País: USA
Direção: Jonathan Liebesman
IMDb
Site oficial

Elenco:
Jordana Brewster - Chrissie
Taylor Handley - Dean
Diora Baird - Bailey
Matthew Bomer - Eric
Lee Tergesen - Holden
R. Lee Ermey - Charlie Hewitt, Jr./Xerife Hoyt
Andrew Bryniarski - Thomas Hewitt/Leatherface
Terrence Evans - Uncle Monty
Kathy Lamkin - Tea Lady
Marietta Marich - Luda Mae Hewitt
L.A. Calkins - Sloane
Cyia Batten - Alex


Sinopse:
Seqüência da refilmagem de 2003, esse filme conta as origens da família canibal responsável pelo assassinato de 33 pessoas no Texas.

Assim, vemos o nascimento de Leatherface, que não poderia proporcionar um futuro mais promissor do que “membro de família assassina” para o rapaz. Num matadouro, uma operária obesa passa mal e desfalece. Averiguando o episódio, seu chefe logo nota o motivo do mal estar: a mulher estava grávida e acabara de dar a luz.

Deformado, o bebê é jogado no lixo e encontrado por outra mulher, que o leva para casa e o educa como se fora seu próprio filho.

No início o filme gira em torno da vida desse garoto – Tommy – registrando passagens de seu crescimento. Dessa forma somos informados acerca de sua incurável deformação e de seu perturbado estado psicológico, nutrindo o gosto pela automutilação. Na vida adulta Tommy vai trabalhar no mesmo matadouro onde nasceu.

Os problemas da família de Tommy começam quando o matadouro em questão é desativado por ordem da vigilância sanitária. Como a pequena cidade dependia economicamente do estabelecimento, todos terminam por abandoná-la. Inclusive instituições como a polícia deixa de atuar no local.

Não visando deixar a cidade, a família logo encontra um meio de não passar fome: Turistas! E para isso pretendem usar as habilidades que Tommy adquiriu no matadouro, no corte e preparação da carne.

Nos deparamos assim com uma série de informações que indicam a procedência de tudo o que caracteriza os personagens. Como surgiu o “xerife” Hoyt, como Leatherface adquiriu sua moto-serra, como uncle Monty ficou aleijado, etc.

Mas obviamente não se trata apenas de uma compilação de eventos curiosos acerca do massacre, e sim de um filme de terror. E é por isso que temos também o que foram as primeiras vítimas dessa turma desequilibrada.

Quatro jovens cruzam o deserto a caminho de uma base de alistamento para o Vietnã. Eles são os irmãos Eric e Dean e suas namoradas Chrissie e Bailey. Na estrada sofrem um acidente e são “auxiliados” pelo xerife Hoyt, que logo mostra a que veio, levando-os a sua casa e transformando a vida de cada um num verdadeiro living hell.

A única que fica de fora dessa tortura é Chrissie, que durante o acidente é jogada pra fora do carro e passa despercebida pelo suposto policial, aproveitando este fato para tentar ajudar os amigos sem ser notada.

Jordana Brewster, que protagoniza a obra de forma bastante plausível, é filha de uma brasileira, mas nasceu no Panamá e só passou 4 anos de sua vida aqui no Brasil. Digo isso porque esse é o segundo filme que vejo com a atriz em que se faz uma desnecessária referência em OFF a sua suposta nacionalidade brasileira.

O primeiro foi Prova final, um teen de 1998 que mistura horror e ficção científica. Já aqui, fazem questão de colocar a atriz em uma das cenas com um par de sandálias havaianas, daqueles modelos atuais, que vêm com a bandeirinha do Brasil na alça. Tudo bem, não fosse o fato do filme se passar em 1969.

Aliás, um ponto negativo do filme é justamente o de não conseguir caracterizar os personagens e a atmosfera de forma adequada a época que tenta retratar. Não dá pra sentir o clima de final da década de 60 em nenhum momento, não obstante uma ou outra peça de roupa que poderia facilmente se confundir com um retrô-atual dos cabides da C&A.

Apesar de tudo, o filme se mostra eficiente dentro do gênero e principalmente no que se propõe: mostrar as origens da família e construir um slasher de qualidade. Vale a conferida.

Conceito: c