Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

sábado, 30 de dezembro de 2006

O exorcismo de Emily Rose

Título original: The Exorcism of Emily Rose
Ano de lançamento: 2005
País: USA
Direção: Scott Derrickson
IMDb
Site oficial

Elenco:
Jennifer Carpenter - Emily Rose
Tom Wilkinson - Padre Moore
Laura Linney - Erin Bruner
Campbell Scott - Ethan Thomas
Colm Feore - Karl Gunderson
Joshua Close - Jason
Kenneth Welsh - Dr. Mueller
Duncan Fraser - Dr. Cartwright
JR Bourne - Ray
Mary Beth Hurt - Judge Brewster
Henry Czerny - Dr. Briggs
Shohreh Aghdashloo - Dr. Adani


Sinopse:
Esse filme não é tão ruim quanto eu esperava. Depois de toda a expectativa pelo fato de ser levemente baseado em fatos reais e pela espera de um novo Exorcista veio a decepção proporcionada por 70% do filme se passar em cenas de julgamento. Mas eu achei plausível.

Um padre é acusado de ser responsável pela morte de uma garota, depois de levá-la a trocar o tratamento convencional de sua suposta esquizofrenia por um exorcismo devidamente autorizado pela Igreja Católica.

O personagem de Jennifer Carpenter é inspirado em Anneliese Michel, garota alemã que passou por situação semelhante na década de 70. No filme, Emily Rose é uma garota que deixa sua casa no interior para cursar a faculdade. No campus ela começa a ter alucinações, que se tornam cada vez mais freqüentes e insuportáveis. Até que ela volta pra casa e acata o diagnóstico do padre de sua paróquia, aceitando que ele realize o exorcismo.

O filme se concentra quase totalmente no julgamento do padre, e a medida em que este acontece são mostradas cenas da vida de Emily desde o início da possessão até o exorcismo. E ao contrário do que ouvi falar, o filme não deixa as duas possíveis explicações em aberto, já que pessoas ligadas a investigação são assombradas, como o personagem de Laura Linney por exemplo.

Não é um grande filme, mas tem um bom suspense e umas poucas cenas assustadoras. Dá pra se divertir.

Conceito: c