Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

terça-feira, 7 de novembro de 2006

Sonhos na casa da bruxa

Título original: Dreams in the Witch-House
Ano de lançamento: 2005
País: USA
Direção: Stuart Gordon
IMDb

Elenco:
Ezra Godden - Walter Gilman
Jay Brazeau - Mr. Dombrowski - Manager
Campbell Lane - Masurewicz
Chelah Horsdal - Frances Elwood
Yevgen Voronin - Brown Jenkin
David Racz - Baby Danny
Nicholas Racz - Baby Danny
Susan Bain - Psicóloga


Sinopse:
Segundo episódio da primeira temporada da série "Mestres do terror", Sonhos na casa da bruxa conta a história de Walter Gilman, um estudante de física que faz uma pesquisa sobre um tema relacionado a possíveis outras dimensões.

Para terminar o trabalho, Walter aluga o quarto de uma casa com 3 séculos de existência por parecer tranqüila e principalmente barata. Ele divide o casarão com Frances, que mora num andar abaixo com o bebê Danny, além dos moradores do térreo – o proprietário e um senhor estranho que passa a noite batendo a cabeça numa cadeira enquanto recita passagens em outra língua.

Já na primeira noite Walter nota uns ruídos que vêm da parede de seu quarto, mas acredita tratar-se apenas de ratos, já que ele mesmo ajudou Frances a se livrar de um. É o vizinho estranho de baixo que vai lançar em Walter a semente da sugestão, perguntando-o se o rato que viu tinha um rosto humano. Sem entender Walter volta pro quarto e nessa noite tem um sonho com um rato de rosto humano que aparece pra ele e diz “She’s coming for you”.

O estudante acredita que o sonho se deu em vista do comentário do vizinho. Porém os pesadelos continuam noite após noite, e vão ficando cada vez mais pesados e realistas. Neles aparece uma bruxa que aos poucos o indica suas intenções, [spoiler]que parece ser o de sacrificar o bebê de Frances.[/spoiler] Nesse ponto Walter já não consegue distinguir sonho de realidade, e passa a acreditar que é sonâmbulo, pois seqüelas dos sonhos aparecem marcados na sua pele e ele começa a acordar em locais diferentes de onde dormiu.

Achei o desfecho fantástico. Ponto positivo também pra trilha sonora bastante tenebrosa. Se tem uma coisa que não gostei foram alguns efeitos. Aquela luz azul não funcionou comigo. E algumas cenas com o rato saíram um pouco mal feitas, como a que ele [spoiler]ataca o bebê[/spoiler] e a do final. Também não agüento mais ver um livro chamado Necronomicon. Mas de uma forma geral o filme é muito bom. Divertido, tenebroso e com um ótimo suspense.

Conceito: b