Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Ring – O chamado

Título original: Ringu
Ano de lançamento: 1998
País: Japão
Direção: Hideo Nakata
IMDb

Elenco:
Nanako Matsushima - Reiko Asakawa
Hiroyuki Sanada - Ryuji Takayama
Rikiya Otaka - Yoichi Asakawa
Yuko Takeuchi - Tomoko Oishi
Rie Inou - Sadako Yamamura
Masako - Shizuko Yamamura
Miki Nakatani - Mai Takano
Daisuke Ban - Dr. Heihachiro Ikuma


Sinopse:
Esse foi o primeiro filme dessa safra de horror oriental que eu assisti. Ringu conta a história de uma fita lendária com imagens desconexas, que lança uma maldição em qualquer um que assiste. A mitologia da série é muito rica e tenebrosa. Após assistir o filme a pessoa recebe um telefonema onde é sussurrado “7 dias”, e exatamente 7 dias depois a pessoa morre misteriosamente com uma expressão facial bizarra. Nesses últimos dias de vida a pessoa é perturbada com assombrações e sua face aparece borrada em fotografias. Só se livra da maldição quem repassa a fita para outra assistir.

O filme se concentra em Reiko, uma jornalista divorciada que vive com seu filho pequeno Yoichi. Reiko se interessa pela lenda após a morte de sua sobrinha Tomoko, que teria assistido o filme. Inicialmente ela não dá importância ao fato, mas depois descobre que 3 amigos de Tomoko morreram no mesmo dia e hora que ela e com as mesmas impressões físicas.

Assim Reiko procura o local onde os jovens estavam reunidos quando assistiram o filme e assiste ela mesma a fita, começando a passar pelo mesmo que eles. Por ainda não saber que bastaria repassá-la para se livrar da maldição, Reiko passa a investigar desesperadamente a origem do vídeo com a ajuda de seu ex-marido Ryuji, numa tentativa de salvar a própria pele e a do filho, que também assistiu o filme.

É aí que ela descobre que o conteúdo da fita trata-se de memórias desconexas de uma garota chamada Sadako, que fora brutalmente assassinada. Sadako era filha de Shizuko, uma vidente conhecida na ilha de Oshima. Após prever a erupção de um vulcão, seu pai contata o Dr. Ikuma, a fim de que o mesmo investigue seus poderes paranormais. Numa conferência onde Shizuko deveria provar seus poderes, um jornalista a ofende acusando-a de fraudulenta. Enfurecida, Sadako mata o jornalista sem nem precisar tocá-lo, mostrando que herdou as habilidades da mãe. Desconsolado o Dr. Ikuma agride Sadako e a joga dentro de um poço na sua residência, acreditando que esteja morta. Shizuko se joga dentro do vulcão quando descobre o que aconteceu, sem saber que a filha ainda estava viva dentro do poço, onde assim permaneceu por 7 dias.

Ringu é baseado num livro de Kôji Suzuki. A continuação desse livro, Spiral, também resultou em uma adaptação cinematográfica intitulada Rasen. Os dois filmes foram lançados ao mesmo tempo no Japão. Mas enquanto Ringu foi sucesso de bilheteria, Rasen não teve a mesma sorte. Assim se fez uma outra continuação, Ringu 2, considerada a oficial. Além dessa também fizeram uma prequel Ringu 0, que se concentra na história de Sadako. Ringu teve ainda um remake coreano e outro americano. Os americanos também fizeram a refilmagem da seqüência Ringu 2.

Conceito: a