Filmes

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

sexta-feira, 3 de novembro de 2006

Ring 2 – O chamado

Título original: Ringu 2
Ano de lançamento: 1999
País: Japão
Direção: Hideo Nakata
IMDb

Elenco:
Miki Nakatani - Mai Takano
Yûrei Yanagi – Okazaki
Kyôko Fukada - Kanae Sawaguchi
Nanako Matsushima - Reiko Asakawa
Rikiya Otaka - Yoichi Asakawa
Hitomi Sato - Masami Kurahashi
Rie Inou - Sadako Yamamura
Masako - Shizuko Yamamura
Daisuke Ban - Dr. Heihachiro Ikuma


Sinopse:
Esse foi o segundo filme produzido para ser a seqüência de Ringu. O anterior foi Raisen, lançado ao mesmo tempo do primeiro e que não obteve o sucesso de bilheteria esperado.

O filme se concentra agora em Mai Takano, aluna e amante de Ryuji, que morreu no final de Ringu. Mai quer desvendar o mistério da morte do namorado, e pra isso pede auxílio ao jornalista Okazaki, que vai ajudá-la a localizar Reiko e Yoichi.

Essa seqüência é um tanto confusa. Pra começar, temos a autópsia no corpo de Sadako, encontrado por Reiko no filme anterior. Misteriosamente a autópsia indica que Sadako passou 30 anos viva dentro do poço e não 7 dias como se pensou no filme passado.

Depois descobrimos que Sadako parece ter encarnado no filho de Reiko, Yoichi, que passa a agir estranhamente e demonstrar habilidades sensoriais tais quais as dela. Mas o pior mesmo é quando resolvem dar explicações científicas pra tudo, o que culmina numa cena ridícula onde uns pesquisadores vão tentar extravasar a raiva de Sadako numa piscina olímpica.

Ringu 2 só não é dispensável porque tem algumas boas e memoráveis cenas, como a do poço, onde Sadako o escala facilmente, contorcendo o corpo de uma forma tenebrosa. Ou a da assombração de Shizuko quando Reiko e Mai visitam a ilha de Oshima. Tem ainda as cenas com Kanae, garota entrevistada por Okazaki, que assistiu a fita e faz uma cópia pra ele, fazendo-o prometer que assistiria. Infelizmente ele não assiste e a garota é levada pela maldição. A cena final, onde ele tenta fazer a edição das entrevistas com ela são realmente muito tenebrosas. As cenas do hospital com Masami, amiga de Tomoko que morreu no filme anterior também são muito boas. E sem falar da cena em que tentam fotografar a réplica do rosto de Sadako.

Conceito: b